Tecnologia

O papel do novo CIO
na gestão de negócios

Sonia Nabarrete | 12 junho 2017

Representantes das principais empresas de TI participaram de um painel durante a CIOWEEK, mediado por Ricardo Natale, diretor geral do Experience Club, que promoveu o encontro.  As discussões foram acompanhadas com grande interesse pelo público, formado por lideranças empresariais e CIOs. Num ponto, todos concordaram: o profissional de TI é indispensável para que uma empresa funcione e está se tornando, cada vez mais, um aliado na gestão de negócios.

“O trabalho da TI é extremamente desafiador. Mudanças culturais fazem dela uma ferramenta cada vez mais usada em conexão com a área de negócios. Hoje há infinitas possibilidades de casar a vida real com inovação e o profissional de TI é parte fundamental deste processo.  Ele deve reunir, junto ao conhecimento técnico, uma real vontade de querer mudar o mundo”, pontuou Alexandre  Salgado, Gerente de Contas da Vivo Empresas, patrocinadora master da CIO WEEK.

Salgado estimula a ousadia dos seus CIOs. E como ousadia implica em erros, ele sempre pergunta aos candidatos a trabalhar em sua empresa: “Quando foi que você falhou?”.  Os profissionais, preparados para exibir suas capacitações e qualidades, ficam por um momento sem saber o que responder, mas acabam contando e com isso ganham pontos na seleção. “A tecnologia caminha a passos largos e só profissionais ousados, que aceitam correr riscos, podem acompanhar”, afirma ele.

Para Gil Torquato, CEO da UOLDIVEO, empresa de tecnologia da informação do Grupo UOL, hoje o CIO não está restrito a sua área específica de atuação. “Ele deve olhar com muita atenção para a estratégia da companhia e contribuir para o sucesso e gestão do negócio”, diz ele, que enfrentou forte resistência da redação quando criou a versão digital da Folha de São Paulo, um dos mais tradicionais jornais brasileiros.  “A Folha era um sucesso de venda em banca quando começamos a investir no digital, mas tudo já indicava que este caminho era irreversível”, contou.

Maurício Ruiz, diretor geral da Intel no Brasil, lembra que o momento exige parcerias, compartilhamento de conhecimento e nesse contexto o CIO assume um novo papel, muito mais amplo, que também envolve gestão, em qualquer organização.

Paulo Pontin, Country Manager da Verizon, mantém o otimismo, apesar das turbulências socioeconômicas pelas quais o país passa. “Nesse momento, há também muitas coisas boas acontecendo e devemos seguir em frente, ouvindo sempre o cliente para entender o que ele quer e assim prestar o melhor atendimento. O CIO é um grande aliado nesta empreitada”, diz ele.

Maurício Azevedo, diretor responsável pelas contas corporativas da Microsoft Brasil , observa que há um novo perfil de CIO, compatível com a postura das empresas onde trabalham. “Se antes o objetivo desses profissionais e das organizações era tão somente reduzir custo, hoje qualquer medida deve respondem a outra pergunta: que impacto terá no negócio? A TI ajuda a tomar a decisão de forma mais segura e rápida”.

Leia mais sobre o CIO Week

Como a TI pode acelerar a educação

Inteligência Artificial Watson não para de surpreender

Pesquisa mostra crescimento de crimes digitais

X

Contato

Se a sua empresa se encaixa no perfil para ser tornar Associada ou Patrocinadora, envie seus dados para podermos entrar em contato o mais breve possível.

X

Participe do Experience Club

X

Increva-se para receber
nossas Newsletters


Em breve novo site no ar!