Painéis de LED e a transformação da experiência do consumidor

Dedicada a proporcionar uma experiência visual completa: produção, assistência técnica, garantia, gestão de conteúdo e alta definição, a The LED é a maior empresa de painéis de LED do Brasil. Em entrevista ao Experience Club, o CEO Richard Albanesi fala sobre a empresa e sobre a participação no Fórum CEO Brasil 2021

Publicado em 13 de outubro de 2021

A transformação digital já deixou de ser tendência para se tornar realidade. Quais são as principais soluções que a The LED oferece?

Ao longo desses 10 anos, passamos por várias transformações. A principal delas foi trazer soluções para o cliente. Entendemos que só ter o melhor produto, o melhor painel, não é suficiente. O que adianta ter em uma loja o melhor painel sem saber controlá-lo? Como gerenciar isso? Com qual conteúdo? Agora estamos um passo adiante: criar interatividade e enxergar a necessidade do público. Somos uma empresa de tecnologia que cuida de tudo: desde o projeto inicial até a entrega e instalação. Mantemos esse cliente em nossa base para poder auxiliá-lo em outros serviços. Oferecemos garantia total do produto, assistência técnica completa, manutenção preventiva e corretiva, gestão e criação de conteúdo, soluções integradas a mobile, integradas a várias plataformas. Esse é o nosso objetivo. Atuamos tanto com venda de produtos quanto locação.

A tecnologia permite uma melhor interação entre marca e cliente. Conte um sobre a diferença entre painéis de LED e videowall no contexto do mercado.

A vantagem do painel de LED em relação ao videowall é imensa. Primeiro, o custo dos dois produtos. Hoje em dia o preço é muito parecido, quase igual. O painel de LED tem instalação muito mais fácil e uma assistência técnica que o videowall não tem. Imagine a situação: uma quebra em uma tela do videowall exige trocá-lo por inteiro para não ter diferença de brilho, tonalidade e vida útil. Além do brilho, contraste, resolução e economia de energia que o painel de LED oferece — e o principal é que você pode fazer qualquer formato -, é possível criar diferentes tamanhos. O principal detalhe: o painel não tem linhas de divisão, diferente do videowall.

Sabemos que o digital não produz resíduos (papel) e que as lâmpadas LED têm baixo consumo de energia. A tendência dos painéis de LED caminha no mesmo sentido de uma outra tendência global: a da sustentabilidade?

Com certeza. No geral, o diferencial do LED é a vida útil, que tem uma durabilidade incrível e economiza energia. As lâmpadas antigas consumiam muito e eram extremamente fora da realidade de hoje. Realmente conseguimos ter um grande benefício ecológico com a utilização dos painéis de LED.

Conte sobre alguns cases da The LED, como Ambev e Riachuelo. Como eles podem inspirar outras marcas?

Temos vários cases e diversos desafios todos os dias. Eu, de verdade, não considero um grande case só porque o projeto é gigante. Às vezes o projeto é pequeno, mas incrível e traz uma tecnologia que impacta consumidores muito fortemente – e acaba se tornando um grande case. O case da Ambev, especificamente, é mundial. Inscrevemos esse case no prêmio POPAI Brasil e os premiados no Brasil têm a chance de concorrer ao prêmio mundial. Fomos campeões tanto no Brasil quanto na categoria Mundial. Falando em transformação digital, um case emblemático foi o da Riachuelo, principalmente na loja do Shopping Morumbi, em São Paulo: quinas, pisos, tudo em LED. Significou uma grande mudança no nosso segmento. Hoje, temos diversos painéis em shoppings, em vários formatos.

Considerando que a pandemia acelerou um movimento já existente, que é o redesenho do ponto de venda, tornando-o mais um local de experiência com a marca do que de fato uma “loja”, como os painéis de LED beneficiam esse movimento?

Hoje em dia, nós, consumidores, somos ativados e monitorados o tempo todo. Algumas pessoas dizem que o ponto de venda vai acabar. Creio que não. Acho que vai ter uma mudança, como já está ocorrendo, e acreditamos que o ponto de venda vai se transformar em um lugar de experiência onde nós consumidores iremos à loja para experimentar, para ter a sensação de provar o produto. Principalmente nós, brasileiros, que gostamos muito de tocar e de ter esse contato.  Para dar um exemplo de PDV, um case nosso foi a vitrine da C&A. A loja não tinha todos os produtos expostos, a gente colocou as peças no painel de LED, o consumidor comprava via QR Code e recebia o produto em casa.

O painel de LED permite vendas mais direcionadas, permite trazer produtos específicos para determinado cliente e, assim, é possível criar uma experiência de verdadeira imersão dentro da atmosfera da loja. Pontos de venda que querem impactar os consumidores estão buscando os painéis de LED. Na parte de tecnologia de imagem, nenhuma outra se compara com o impacto que nós conseguimos gerar.