Escolha o melhor curso grátis para turbinar a carreira na quarentena

Escolha o melhor curso grátis para turbinar a carreira na quarentena

HSM EXPERIENCE E LIT LIBERAM ACESSO A CONTEÚDOS CORPORATIVOS

Publicado em 7 de abril de 2020

Com o isolamento social por conta da Covid-19, diversas instituições, escolas de negócios e universidades liberaram cursos, conteúdos e programas de educação corporativa no meio digital para quem deseja investir em requalificação, ampliar áreas de atuação ou mesmo descobrir novas afinidades.

De renomadas universidades internacionais à mentoria de pequenos negócios, passando por institutos de filosofia, o cardápio é bem variado. “O efeito colateral é que tem conteúdo demais”, alerta Conrado Schlochauer, fundador da Teya, uma rede de iniciativas inovadoras em aprendizagem, e consultor na área de educação corporativa.

Nesta hora o importante é saber escolher e, também, contar com o auxílio da empresa, que, indiretamente, vai ser beneficiada com a reciclagem do colaborador. “O RH pode apoiar os funcionários fazendo a curadoria dos conteúdos, além de criar comunidades de aprendizado e reforçar a cultura de estudo”, comenta Schlochauer. Já ao aprendiz cabe tomar a rédea do processo e decidir com quais habilidades deseja ter contato em 2, 4 ou 6 semanas. 

Reconhecidas nas áreas de negócios, gestão e estratégia, plataformas como HSM Experience e LIT estão entre as instituições que decidiram dar acesso gratuito a conteúdos de educação corporativa durante o isolamento social, por pelo menos 30 dias. 

Para José Claudio Securato, sócio-fundador e CEO do LIT, plataforma digital da escola de negócios Saint Paul, em tempos de isolamento e home office, o “reskilling” e o “upskilling” podem virar metas para os funcionários se sentirem produtivos. “O tempo maior em casa e a necessidade de reciclagem são bons ambientes para usar o LIT”, diz.

Com programas que duram em média 18 horas e com 100% do conteúdo aberto durante 30 dias, é possível concluir até um curso por semana, reforça Securato. “Se fizer dois cursos já está acima da média brasileira de tempo de capacitação para se requalificar”, analisa. Outras opções são ainda mais rápidas, com 1 a 3 horas de duração. A formação tem certificado da Saint Paul e vale créditos para o MBA na instituição.

Em 48 horas, o LIT recebeu 10 mil inscrições com um perfil de público bem pulverizado. Temas da área Digital, Finanças e Liderança são os mais buscados, além de Estratégia, Marketing e Compliance. Depois dos 30 dias gratuitos, quem quiser prosseguir recebe oferta de 50% de desconto no plano anual.

Na HSM Experience o acesso ao conteúdo foi liberado por 30 dias, a todos os clientes e para várias empresas, por meio do envio de um link. Em apenas 10 dias, as apresentações de grandes nomes globais da Inovação e Gestão, como Yuval Noah Harari, Arianna Huffington, Charlene Li, entre outros, tiveram um incremento de acesso de mais de 300%. A inscrição na plataforma (https://experience.hsm.com.br/pede o registro de um número de cartão de crédito para cobrança após o período de gratuidade.

Na quarentena, a plataforma vem lançando “Learning Series” de acordo com a demanda B2B. Departamentos de RH, por exemplo, estão solicitando cursos específicos em áreas como “Home Office” para disponibilizarem nas próprias plataformas das empresas.



“Também estamos transformando programas presenciais em conteúdos digitais, já que tivemos um grande número de programas adiados para o segundo semestre”, explica Graziela Moreno, diretora executiva da HSM Academy.

Outros formatos foram lançados, como as Mentorias Digitais para lideranças e o HSM Digital Design Sprint, que permite que as empresas tenham mais assertividade no desenvolvimento de novos produtos e serviços em apenas cinco dias. “Este produto gera engajamento e velocidade de implementação”, conta Graziela.

A executiva conta que em tempos de isolamento chega a participar de reuniões online, extremamente produtivas, com até 90 pessoas. “Não acho que o presencial vai deixar de existir, mas vai entrar em outro patamar de percepção em relação ao engajamento digital”, comenta a diretora executiva.

Outras plataformas de ensino gratuitas em tempos de isolamento social:

Harvard – Uma das mais reconhecidas instituições de ensino do mundo liberou mais de 100 cursos online (em inglês), de áreas diversas como: Literatura, Ciência de Dados, Inteligência Artificial, Neurociência, Artes, entre outros.

https://www.edx.org/school/harvardx

Fundação Getúlio Vargas – A instituição brasileira de ensino superior, com foco em capacitação profissional de Administração, liberou mais de 50 cursos gratuitos em sua plataforma para o período de quarentena.

https://educacao-executiva.fgv.br/

Udemy – A rede abriu mais de 400 cursos gratuitos para quem deseja aprender técnicas básicas de informática. De Excel a aulas mais complexas, como programação para crianças com ferramenta do MIT.

https://www.udemy.com/

USP – A plataforma Coursera oferece 17 cursos online disponibilizados pela Universidade de São Paulo (USP), como Marketing, Ciência da Computação, Design, entre outros. Basta acessar o link e pesquisar por “Universidade de São Paulo”.

www.coursera.org

Texto: Andrea Martins

Imagens: Divulgação